Equipe PIP/CBC

Conselheiro Lafaiete, Minas Gerais, Brazil
Este blog foi idealizado como mais uma forma de ajuda da Equipe do Programa de Intervenção Pedagógica PIP/CBC de Conselheiro Lafaiete, para com os professores, companheiros de profissão e demais SRE's, além de tornar um espaço acessível por todos para trocarmos experiências e ideias sobre o nosso contexto.

segunda-feira, 30 de julho de 2012

SUGESTÕES DE ATIVIDADES: BULA DE REMÉDIO

Professor(a),
A partir de agora, nós, analistas educacionais, da equipe do PIPEF/CBC, disponibilizaremos atividades, orientações e sugestões para o cotidiano da sua prática pedagógica e contribuirmos para o sucesso no processo de ensino e aprendizagem.


LÍNGUA PORTUGUESA


Prezado(a) Educador(a),

Leve os alunos a refletirem sobre a função social do texto, para quê serve tal texto ou, em outras palavras, a qual gênero textual esse texto pertence. Tão importante quanto identificar o gênero textual, é perguntar aos alunos e, se necessário, definir com eles as características específicas do gênero que está sendo trabalhado.


SUGESTÃO DE ATIVIDADE:

    GÊNERO TEXTUAL: BULA DE REMÉDIO
Mais informações

O que o aluno poderá aprender com esta aula:

§       Realizar atividades seguindo instruções escritas.
§  Conhecer o gênero textual bula: forma composicional, linguagem, função cecontexto de circulação.
§  Identificar os recursos visuais utilizados nesses textos e compreender sua função: tipo e tamanho das letras, cores, ilustrações, tamanho do papel.
§  Analisar oralmente a linguagem usada nesses textos quanto à clareza e objetividade.
§       Localizar informações explícitas e implícitas nesse gênero textual.

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno:


§  Dominar as relações entre grafemas e fonemas.
§  Dominar as capacidades básicas da leitura.
Estratégias e recursos da aula           

As estratégias a serem utilizadas são:

- aula interativa;   
- trabalho em grupo;   
- texto impresso;   
- produção de texto;   
- montagem de texto;     
Desenvolvimento   

1ª atividade  

1)O professor poderá iniciar a aula entregando para os alunos diversas bulas, além das caixas de remédio. É interessante também que o professor solicite que os alunos tragam de casa as caixas e bulas de remédios, sobretudo os que estejam sendo utilizados.

Composição - Ingredientes e suas dosagens;
Informações ao paciente - Cuidados de armazenamento, prazo de validade;
 2)Com esse material em mãos, o professor propõe que os alunos observem bem cada um deles e que discutam as questões abaixo:
a)Para que serve a bula de um remédio?
b)Por que é importante ler a bula do remédio que vou tomar?
c)Quais as informações contidas na bula  e que ninguém pode deixar de ler?
d)Quem é o provável leitor de uma bula de remédio?
e)Onde são encontradas as bulas de remédio?
3)Em seguida o professor distribui para toda turma uma mesma bula de remédio para que os alunos façam a leitura do texto e destacando alguma informação que tenha chamado sua atenção. Ao socializar o que cada aluno destacou, o professor pode ir fazendo os comentários necessários quanto ao texto em si e em relação ao uso social desse gênero.
4)O professor deverá ler a bula a seguir, solicitando que os alunos observem o gênero. Sugerimos que o professor durante a leitura, destaque alguns recursos visuais utilizados neste texto como tipo e tamanho das letras, cores, ilustrações, tamanho do papel (mais informações em recursos complementares).  
Diclofenaco Sódico – Anti-reumática, antiinflamatória, analgésica e antipirética


Forma farmacêutica e apresentações – DICLOFENACO SODICO comprimido genérico Comprimidos revestidos de 50 mg: embalagens com 20 e 200 comprimidos.
USO ADULTO
Composição – DiclofenacoSodico (...)
Informações ao paciente 
Cuidados de armazenamento: Conservar o produto em temperatura ambiente (entre 15 e 30 ºC), ao abrigo da umidade. Prazo de validade: Não utilize o medicamento se o seu prazo de validade estiver vencido, o que pode ser verificado na embalagem externa do produto.
Gravidez e Lactação: Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando.
Cuidados de administração: Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros, com um pouco de líquido, de preferência antes das refeições.
Interrupção do tratamento: Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
Reações adversas: Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.
Ingestão com outras substâncias: O paciente não deve tomar outros medicamentos juntamente com DICLOFENACO SÓDICO sem orientação ou conhecimento do médico.
Posologia: Como regra, a dose diária inicial é de 100 a 150 mg. Em casos mais leves, bem como para terapias prolongadas, 75 a 100 mg por dia são geralmente suficientes. A dose diária pode ser geralmente prescrita em 2 a 3 doses fracionadas. (...). Os comprimidos devem ser tomados com um pouco de líquido, de preferência antes das refeições. Os comprimidos não são recomendados para uso infantil.

 - TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
 - NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DE SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA A SAÚDE.

2ª atividade:  

1)Após a leitura da bula de remédio, o professor poderá escrever no quadro os diferentes tipos de informações contidas nesse texto:
*nome do remédio, composição, informações ao paciente (cuidados de armazenamento, gravidez e lactação, cuidados de administração, interrupção do tratamento), reações adversas (ingestão com outras substâncias) e posologia.   

2)Em seguida, o professor propõe que a turma complete cada uma das informações listadas no quadro com o seu significado. Por exemplo, a seção posologia traz informações sobre o que? Refere-se ao uso do medicamento ou a fórmula do medicamento.   
3)O professor propõe uma discussão a partir das questões:
a)Se eu quero saber como posso tomar esse medicamento, em que parte da bula encontro essa resposta?
b)Se ao tomar um remédio e fiquei com alergia, em que parte do texto posso saber se a minha alergia foi provocada pelo medicamento?
c)Se uma mulher está grávida, em que parte do texto ela vai saber se pode ou não tomar o remédio?
d)Em que parte do texto posso saber se vou ter algum efeito colateral ao tomar o remédio?   
3ª atividade:
  Após essa discussão, o professor poderá entregar os títulos de cada parte da bula (informações ao paciente, posologia, reações adversas) para que o aluno encaixe com as informações correspondentes, como no exemplo a seguir:

COMPOSIÇÃO
Diclofenaco Sódico

OBS.: O professor poderá utilizar a bula apresentada nesta aula ou outra.   
1)O professor socializa a montagem dos textos e faz os comentários necessários.     
4ª atividade 

1)Após o trabalho de leitura, localização de informações explícita e reconhecimento da forma composicional do gênero bula, sugere-se o trabalho de produção textual. Para isso o professor organiza a turma em grupos e entrega a cada um as orientações abaixo:   
1º grupo: Imagine que você é um médico competente e foi contratado para criar um remédio capaz de curar uma pessoa infeliz. Escreva um nome para o remédio, do que ele é feito e como deve ser ingerido.
2º grupo: Imagine que você é um médico competente e foi contratado para criar um remédio capaz de curar uma pessoa muito brava. Escreva um nome para o remédio, do que ele é feito e como deve ser ingerido.
3º grupo: Imagine que você é um médico competente e foi contratado para criar um remédio capaz de curar uma pessoa muito chorona. Escreva um nome para o remédio, do que ele é feito e como deve ser ingerido.
4º grupo: Imagine que você é um médico competente e foi contratado para criar um remédio capaz de curar uma pessoa mentirosa. Escreva um nome para o remédio, do que ele é feito e como deve ser ingerido.
5º grupo: Imagine que você é um médico competente e foi contratado para criar um remédio capaz de curar uma pessoa muito desorganizada. Escreva um nome para o remédio, do que ele é feito e como deve ser ingerido.   
2)O professor socializa as produções e combina com a turma a organização desses textos em um mural.  
Recursos Complementares

Bula (medicamento) 
Bula é o nome que se dá ao conjunto de informações sobre um medicamento que obrigatoriamente os laboratórios farmacêuticos devem acrescentar à embalagem de seus produtos vendidos no varejo. As informações podem ser direcionadas aos usuários dos medicamentos, aos profissionais de saúde ou a ambos.

Tipos de Informação

As informações encontradas nas bulas de medicamentos são, geralmente, divididas e organizadas segundo os tópicos:
Nome do medicamento;
Apresentação, formas ou formulações;
Composição - Ingredientes e suas dosagens;
Informações ao paciente - Cuidados de armazenamento, prazo de validade;
Informações técnicas - Dados farmacológicos gerais sobre o medicamento;
Farmacocinética - O metabolismo do medicamento no organismo;
Indicações; Contra-indicações - Indicam condições em que o medicamento não deverá ser utilizado;
Precauções - Cuidados a serem tomados durante o uso do medicamento;
Gravidez - Informações sobreo uso do medicamento durante a gestação e a lactação;
Interações - Dados sobre o uso concomitante com outras substâncias;
Reações adversas - Efeitos colaterais possíveis ou esperados do medicamento;
Posologia - Informações sobre a dosagem e os intervalos de administração;
Superdosagem - Informações sobre o uso excessivo ou em altas doses. Informações adicionais.

Avaliação

A avaliação é processual e contínua, devendo ser realizada oral e coletivamente, enfocando a dinâmica do grupo, identificando avanços e dificuldades. O desempenho dos alunos durante a aula, a realização das tarefas propostas, as observações e intervenções do professor, a auto avaliação do professor e do aluno serão elementos essenciais para verificar se as competências previstas para a aula foram ou não desenvolvidas pelos alunos. Reconhecer o gênero bula de remédio é imprescindível para os alunos,isso porque muitos, em seu dia-a-dia, deparam-se com este gênero, no entanto, não conseguem realizar a leitura deste textos, extraindo as informações importantes para o uso do remédio. Assim sendo, nesta aula, o professor deverá avaliar se os alunos conseguiram identificar as informações contidas em cada parte da bula.


FONTE: Portal do Professor

Nenhum comentário:

Postar um comentário